Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 27 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

TRE rejeita ação de inelegibilidade contra Camila Jara

Por unanimidade, o Colegiado do Tribunal Regional Eleitoral confirmou o mandato da deputada federal mais votada da Capital.

Arquivo

Após o julgamento ocorrido ontem (09), nenhum dos sete juízes eleitorais do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Mato Grosso do Sul (TRE/MS) acatou os pedidos da Ação Judicial Eleitoral contra Camila Jara, eleita deputada federal mais jovem e única mulher da bancada no estado, com 56 mil votos.

Segundo o entendimento do TRE, a divulgação de conteúdos por impulsionamento durante o pleito eleitoral de 2022 ocorreu dentro da normalidade, sem haver qualquer tipo de gasto irregular ou fora do período, como alegou o requerente e suplente à vaga no parlamento.

“O resultado do julgamento do TRE já era esperado por todos que confiam nas instituições. A justiça foi mantida, assim como o respeito aos mais de 56 mil sul-mato-grossenses que acreditaram no nosso trabalho. Quando a gente faz diferente, é natural haver perseguições. Entretanto, o resultado favorável dessa ação mostra que estamos no caminho certo. A mudança incomoda mesmo. Mas o novo sempre vem”, declarou a deputada Camila Jara.

Com a decisão favorável do Tribunal, a parlamentar segue por mais três anos como única mulher de Mato Grosso do Sul na bancada da Câmara dos Deputados e ainda pode concorrer à prefeitura de Campo Grande.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.