Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

MS recebe missão técnica do México para auditoria nos sistemas de produção

Durante toda a programação no MS, a equipe foi acompanhada por médicos veterinários da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro).

Fotos: Iagro/Divulgação

A Iagro recebeu o Serviço Oficial do México, que veio ao Brasil para avaliar plantas frigoríficas e conhecer os sistemas de produção de bovinos, obtendo assim, informações para  importação de carne do Brasil, em especial de Mato Grosso do Sul.

A missão é integrada por auditores do Senasica (Serviço Nacional de Sanidade, Inocuidade e Qualidade Agroalimentar) e tem como objetivo conhecer os sistemas de controle do Serviço Oficial e de produção das  propriedades do MS.

A equipe técnica é composta pelas Médicas Veterinárias do Serviço Oficial do México, Silvia Gabriela Morales Anaya, Laura Trinidad Aviña Guerrero e da Auditora Fiscal Federal Ana Carolina Fanhani de Arruda Botelho, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. No MS visitaram uma propriedade produtora de bovinos para abate e a Unidade Central da Iagro.

A equipe técnica esteve em Brasília e Goiás e segue ainda para os estados do Mato Grosso, Rondônia, Tocantins, Minas Gerais, São Paulo, Paraná e retornam a Brasília para a reunião final.

Durante toda a programação no MS, a equipe foi acompanhada por médicos veterinários da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro). Sendo que, o objetivo da visita é verificar o cumprimento das normativas que regulam a produção de carne bovina e a aplicação de medidas zoossanitárias contra a febre aftosa.

Os principais aspectos observados foram a biosseguridade, rastreabilidade, capacitação de técnicos, informações sobre a implementação e resultados da vigilância ativa e passiva, vacinação, plano de capacitação, conhecimento e aplicação de plano de contingência para febre aftosa e ainda inspeção em pontos internos de ingresso e controles de transporte de animais.

A perspectiva de ampliar o mercado externo para a carne brasileira é positiva, considerando que as vendas externas já abrangem países de todos os continentes. Após conclusão dos trabalhos e reunião final no Mapa em Brasília, a missão retorna ao País e apresenta os relatórios para as autoridades sanitárias e governamentais que, posteriormente, irão tomar a decisão sobre importações.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.