Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 20 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Iagro prorroga prazo para declaração de rebanho no Estado

Após esse prazo as propriedades rurais inadimplentes poderão ser interditadas, além de sofrer outras sanções

Foto: Edemir Rodrigues/arquivo

A Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) prorrogou até o dia 30 de junho o prazo final para a realização da Atualização Cadastral e da Declaração Semestral de Rebanhos 2023. A medida, em caráter excepcional, foi adotada com o intuito de atender às necessidades dos pecuaristas e garantir a regularização dos cadastros no Estado, conforme Portaria nº 3.710, desta sexta-feira (16).

De acordo com a Iagro, após o término do prazo estabelecido, as explorações pecuárias que não realizarem a atualização cadastral estarão sujeitas às sanções previstas nas normativas vigentes. Caso haja descumprimento no prazo estabelecido, pode ser aplicada uma multa equivalente a 100 Uferms (Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul).

Ainda segundo a Agência, 79,72% dos pecuaristas realizaram a declaração na região do Planalto, até o dia 15 de junho. No Pantanal, este número alcançou 78,05%.

A atualização cadastral e a declaração semestral de rebanhos são obrigatórias não apenas para as propriedades que possuam bovídeos, mas também para aquelas que possuem somente outras espécies (galinha, galinha-d’angola, ganso, marreco, pato, peru, ratitas, perdiz, aves não destinadas à produção de carne ou ovos (ornamentais/silvestres), codorna, suíno, caprino, ovino, equino, asinino, muar, abelha, bicho da seda e animais aquáticos).

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.