Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 12 de julho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Governo de MS marca presença na Expogrande e força do agro é destaque na abertura

Eduardo Riedel participou na noite de quinta-feira (13) da abertura da 83ª edição da Expogrande.

Fotos: Saul Schramm

Ao lado de representantes do agronegócio e de autoridades políticas do Brasil e de Mato Grosso do Sul, o governador Eduardo Riedel participou na noite de quinta-feira (13) da abertura da 83ª edição da Expogrande, feira de agropecuária que retorna neste ano e acontece em sua sua tradicional sede, o Parque de Exposições Laucídio Coelho.

Tido como vocação da economia sul-mato-grossense, o agronegócio foi ressaltado durante os discursos feitos para o público presente, sendo a atividade um elemento propulsor do desenvolvimento regional até aqui registrado e também para o que é projetado.

“Estamos passando por uma transformação socioeconômica, com aumento de produção de soja, com a pecuária que continua forte, mas também somos a terra da cana-de-açúcar, a terra da cadeia produtiva florestal. Nossos produtos vão ganhar valor aqui graças a industrialização de Mato Grosso do Sul”, frisa o governador.

O chefe do Executivo seguiu sua fala destacando que o Estado possui a segunda menor taxa de desocupação do país e que os investimentos na região do Pantanal vão seguir, levando infraestrutura para ali e dando mais competitividade à produção local.

Uma das novidades para 2023 é a participação do Governo de Mato Grosso do Sul com um estande onde, na próxima terça-feira (18), o governador dará expediente durante todo o dia, recebendo entidades representativas e empresários de outros países com interesse em investir e empreender nas potencialidades sul-mato-grossenses.

Denominado como “Gabinete Itinerante”, o espaço também contará com a presença das secretarias estaduais, fundações e autarquias estaduais, e seus respectivos chefes. Fora da esfera dos negócios, o estande terá ainda uma exposição de artesanato regional organizada pela Fundação de Cultura e atividades da Fundesporte para crianças.

“É um momento de retomada e fazemos isso com o um governo presente. É daqui da Expogrande que esse governo vai despachar, é daqui que ele vai funcionar essa semana”, explica o governador, completando. “Estamos trabalhando pensando junto às instituições para criar ações que nos dar ainda mais competitividade”.

Atuação elogiada e MS referência

Nos demais discursos da noite, a atuação do Governo de Mato Grosso do Sul na condução do agronegócio foi elogiada, como fez o presidente Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Marcelo Bertoni.

“Obrigado governador pelas ações que dão segurança para a produção no Estado”, comenta o dirigente, citando o trabalho da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), em especial no bloqueio da entrada da gripe aviária no país, e a Deleagro (Delegacia Especializada de Combate à Crimes Rurais e Abigeato).

Outro que também adotou tom elogioso foi o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Guilherme Bumlai, lembrando que Mato Grosso do Sul vem criando diversas oportunidades de negócios.

“Enfrentamos muitos desafios, variações no preço da arroba e embargo chinês, mas a atuação do Governo de Mato Grosso do Sul nos deu a certeza que temos um governador atuante e que passa segurança para a gente produzir. Fora isso, o agronegócio é cheio de vitórias, uma delas é caminhar para ser carbono neutro”, conclui.

Por fim, a senadora Tereza Cristina aproveitou o espaço para destacar a história da pecuária sul-mato-grossense e os nomes que a protagonizaram, apontando Mato Grosso do Sul como um estado que inova. “Rodo pelo país e todo mundo cita o nosso Estado como referência”, diz Tereza, falando ainda que o campo é o motor do Brasil.

“Duvido que algum país produza melhor que o Brasil. No máximo, pode produzir igual. Imagina o que seria do mundo se não tivéssemos duas safras aqui. Mato Grosso do Sul, junto com Goiás e Mato Grosso, é o celeiro do mundo. Não há lugar melhor para produzir”, completa a senadora, penúltima a discursar, antes de Riedel.

A Expogrande

Realizada pela Acrissul (Associação de Criadores de Mato Grosso do Sul), a feira é considera a segunda maior do Brasil e espera receber um público de 100 mil pessoas durante os 11 dias de evento. Além disso, a organização espera que a feira movimenta R$ 150 milhões em negócios diversos – são 40 expositores comerciais.

Cerca de 4 mil animais, entre bovinos de elite e corte, equinos, ovinos e animais para reposição devem ficar em exposição na Expogrande 2023, que conta ainda com 12 leilões com linhas de crédito oferecidas pelo Banco do Brasil e pelo Sicredi.

O evento une agronegócio – com animais, máquinas e insumos expostos e toda atividade ali realizada, entre eles leilões que acontecem desde segunda-feira (10) – à cultura, com os shows de renomados artistas, como Luan Santana, Gusttavo Lima e Almir Sater. Além dos leilões, também há julgamentos de bovinos e equinos.

Quem apenas deseja visitar a feira, sem ir ao show musical do dia, a entrada cobrada é de R$ 20, exceto ontem e no dia 23, datas com entrada gratuita. Também nesta edição haverá o circuito de palestras Showpec, que começa hoje (14) e vai até o dia 22.

Mais informações sobre a Expogrande 2023 podem ser conferidas clicando neste link.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.