Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de junho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Escolas e forças de segurança de MS terão postos de arrecadação para vítimas das enchentes

Poderão ser doados, a partir desta terça-feira (7), alimentos não perecíveis, produtos de higiene e de limpeza, água mineral, roupas de cama e banho e roupas e calçados em bom estado.

6 de maio – Idosa em cadeira de rodas é erguida resgatada em área alagada de Porto Alegre — Foto: Nelson Almeida/AFP

A população de Mato Grosso do Sul poderá ajudar as vítimas do pior desastre climático da história do Rio Grande do Sul. Todas as escolas da Rede Estadual e unidades das forças de segurança estadual, como Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, além de Albano Franco e Edifício da Fiems, serão postos de arrecadação.

Poderão ser doados, a partir desta terça-feira (7), alimentos não perecíveis, produtos de higiene e de limpeza, água mineral, roupas de cama e banho e roupas e calçados em bom estado.

O governador Eduardo Riedel explicou que a ação tem o objetivo de diminuir o sofrimento dos gaúchos. “Demandamos equipes para lá e vamos fazer tudo o que for possível para ajudar. Agora, acho importante uma grande corrente de solidariedade. Estamos mobilizando a sociedade, junto com atores da iniciativa privada, que é o ‘MS pela Vida, Unidos pelo Rio Grande do Sul’, uma grande campanha onde cada cidadão e cidadã sul-mato-grossense que queira poderá contribuir”, disse.

Mato Grosso do Sul é um dos estados que enviou militares, além de um helicóptero da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), para socorrer as vítimas da enchente.

A campanha de doação “MS pela Vida, Unidos pelo Rio Grande do Sul” é organizada pelo Governo do Estado, Sistema Fiems e pela Energisa, com apoio da Viação Cruzeiro do Sul e da Vitlog Transportes.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.