Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 20 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Direção da FETEMS se reúne com Secretários de Administração e Educação do Estado e equipe técnica para apresentar as reivindicações salariais dos Profissionais em Educação para 2023

As principais reivindicações da categoria nessa reunião foram a cobrança de uma nova Política Salarial para os(as) Professores(as) Convocados(as) para que seja feita a Equiparação Salarial entre Efetivos(as)

O Presidente da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) Professor Jaime Teixeira, Deumeires Morais (Vice-Presidenta da FETEMS) e os diretores Onivan Correa (Secretário de Formação Sindical), Sueli Veiga Melo (Secretária de Políticas Educaionais), Gilvano Bronzoni (Presidente da ACP), Idalina Silva (Secretária dos Trabalhadores Administrativios em Educação) e Wilds Ovando (Presidente do SINTEDE de Campo Grande) se reuniram com Ana Carolina Araujo Nardes (Secretária de Administração do Estado de Mato Grosso do Sul), Helio Daher (Secretário de Estado de Educação de MS) e equipe técnica onde apresentaram as pautas de reivindicações dos(as) Profissionais em Educação, que foram aprovadas pela categoria por unanimidade em Assembleia Geral Extraordinária, realizada no dia 23 de março, para o ano de 2023.

As principais reivindicações da categoria nessa reunião foram a cobrança de uma nova Política Salarial para os(as) Professores(as) Convocados(as) para que seja feita a Equiparação Salarial entre Efetivos(as) e Temporários(as) e a criação de uma Nova Tabela do grupo Administrativo em Educação de Nível Superior para contemplar a Formação continuada em Cursos Técnológicos que hoje são oferecidos pela UFMS.
Outros assuntos de interesse da categoria como a Chamada para os(as) aprovados(as) do Concurso Público de 2022 dos(as) Professores(as) e a realização de novos Concursos Públicos para Professores(as) e Administrativos em Educação, assim como o Debate sobre a Revogação do Novo Ensino Médio, a Publicação das progressões e promoções funcionais dos Trabalhadores(as) Administrativos em Educação que são direito da Carreira e o Debate relativo as gratificações do Adicional de Insalubridade para as funções de limpeza e merendeira das Escolas também foram pontos das pautas de reivindicações.
Também foi debatido a revisão da Reforma da Previdência de Mato Grosso do Sul, principalmente no quesito da taxação em 14% dos seus proventos, que é de suma importância para todos(as) os(as) Servidores(as) do Estado, em especial aos Aposentados(as).
A categoria da Educação estará mobilizada nos meses de abril e maio para que esses pontos de pauta dos(as) Profissionais em Educação sejam encaminhados em forma de Projetos de Lei ainda no mês de maio de 2023, para a Assembleia Legislativa.
A luta dos(as) Trabalhadores(as) em Educação de Mato Grosso do Sul será sempre pela Valorização dos(as) Profissionais em Educação, mas também pela Escola Pública, Democrática, Laica e de Qualidade para todos(as)!

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.