Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 13 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Dia do Apicultor: Negócios que saem das colmeias e ganham a mesa dos consumidores

Sebrae, por meio do programa Pró Pantanal, vem realizando ações junto a parceiros para desenvolvimento da apicultura em Mato Grosso do Sul

A produção de mel em Mato Grosso do Sul vem sendo impulsionada nos últimos anos por uma organização da cadeia e novos empreendedores. Por sua vez, eles buscam atender à demanda do mercado, já que há um interesse maior da população pelo produto devido à procura por uma alimentação mais saudável. O Sebrae atua em diferentes ações para apoiar o setor no estado, que no dia 22 de maio recebe destaque com a celebração do Dia do Apicultor. E, a riqueza da flora, a diversidade dos ecossistemas e as condições climáticas na região contribuem para o desenvolvimento da apicultura.

Dentro de seus programas, destacam-se as iniciativas do Pró Pantanal – Programa de Apoio à Recuperação Econômica do Bioma Pantanal. Por meio dele, são realizadas ações que visam o fortalecimento da governança e o auxílio aos empreendedores da cadeia do mel em Mato Grosso do Sul, presentes no bioma pantaneiro. O objetivo é dar visibilidade aos produtos locais e abrir novos mercados para os criadores de abelhas. Outra medida relevante foi o apoio à reativação da Cofenal, associação gestora e guardiã da Identidade Geográfica de Denominação de Origem do Mel do Pantanal, o que contribuiu para agregar valor aos produtos apícolas da região, ressaltando sua origem e qualidade.

“A Identidade Geográfica de Denominação de Origem do Mel do Pantanal projeta o mel do Pantanal no mercado, além de agregar valor ao produto e garantir a credibilidade de um item que é produzido de forma sustentável, mantendo as peculiaridades únicas de produtos de origem da planície pantaneira”, pontuou a analista-técnica do Sebrae/MS, Katia Muller.

A apicultora Fabiana de Abreu Rangel, que decidiu produzir o alimento depois de se mudar para uma fazenda em Aquidauana e se apaixonar pelo mel por meio de intensa pesquisa no ramo, transformando essa oportunidade em um negócio promissor desde 2021. A empresária vem buscando constantemente inovações para se destacar no mercado de mel e produtos artesanais, e uma das estratégias adotadas foi fazer parte da Indicação Geográfica (IG) do Mel Pantanal. Nesse sentido, os apicultores da região, incluindo Fabiana, têm contado com o apoio do programa Pró Pantanal.

“Esse apoio vai desde consultorias em Marketing e Design, para ajudar a contar a nossa história e criar rótulos de qualidade, até orientações sobre seguir as orientações na legislação. Além disso, o Sebrae também auxilia na busca por novos mercados, como São Paulo, e na valorização dos produtos com a certificação do IG, o que tem sido importante para os apicultores que estão iniciando no setor. Basicamente, a atuação do Sebrae está permitindo que tenhamos mais destaque no mercado e impulsionando o desenvolvimento econômico da região do Pantanal”, relatou Fabiana Rangel.

Conforme o apicultor Márcio César Seixas, também do município de Aquidauana, com mais de 25 anos de contato com a apicultura, o Mel do Pantanal tem características próprias que trazem diferenciais. Ele também é sócio da Associação Leste Pantaneira de Apicultores (Alespana) e membro da Associação dos Apicultores Mel do Pantanal, anteriormente conhecida como Cofenal.

“A relevância do mel do Pantanal está em sua diferenciação em relação aos outros méis do Brasil, devido à sua região de origem e floresta plantada nas proximidades. Além disso, sua cristalização é mais lenta devido à floração específica da região. O mel do Pantanal também está ligado à preservação, já que para sua produção é necessária uma região preservada com qualidade de água e matas ainda presentes na região”, disse Seixas.

Sobre o Pró Pantanal

O Pró Pantanal – Programa de Apoio à Recuperação Econômica do Bioma Pantanal é uma iniciativa do Sebrae para fomentar atividades econômicas nos eixos do turismo, da economia criativa e do agronegócio existentes no Pantanal.

O programa ainda tem apoio da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (FAEMS), Instituto do Meio Ambiente de MS (Imasul) e Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc).

Para obter mais informações sobre o programa Pró Pantanal e suas ações, fale com o Sebrae pelo número 0800 570 0800

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.