Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 20 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Atendidos pelo Senar/MS, produtores conquistam Selo Arte para doce de leite do Recanto Ecológico Rio da Prata

O Selo Arte é concedido para o produto e não ao estabelecimento.

Fotos: João Carlos Castro/Sistema Famasul

Atendido pelo Senar/MS desde 2022, o casal de produtores Eduardo e Simone Coelho, de Jardim, conquistou nesta segunda-feira (3) o Selo Arte para o doce de leite produzido no Recanto Ecológico Rio da Prata. O certificado foi entregue pela Semadesc (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação). Essa é a primeira propriedade a conquistar a certificação com auxílio da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em Agroindústria.

O presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni, e o secretário da Semadesc, Jaime Verruck, realizaram a entrega. Atualmente a ATeG em Agroindústria atende 294 propriedades, sendo que 91 já estão em processo de formalização com auxílio do Senar/MS.

O Selo Arte é concedido para o produto e não ao estabelecimento. Com ele, há a possibilidade de comercializar nacionalmente o produto. O estabelecimento precisa estar formalizado ao menos pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM). Com o certificado, é preservada a história do produto, que é único, além dos padrões de qualidade e a garantia da procedência da matéria-prima.

Participaram da agenda o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; a coordenadora da ATeG Agroindústra, Camila Arruda; a técnica de campo do Senar/MS, Emylia Gonçalves, que realiza o atendimento mensal no Recanto Ecológico; o secretário-executivo de Desenvolvimento Econômico e Sustentável da Semadesc, Rogério Beretta; o coordenador de pecuária da Semadesc, Marivaldo Miranda; e o médico veterinário Rubens de Castro Rondon.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.