Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 12 de julho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Ataques racistas a Vini Jr comovem astros do futebol; veja reações

Ídolos do futebol mundial saem em defesa do astro brasileiro do Real Madrid, vítima de insultos raciais

Astros do futebol repudiam ataques racistas contra Vini Jr

Os novos ataques racistas contra Vinícius Júnior, na derrota do Real Madrid, por 1 a 0, para o Valencia, no domingo (21), pelo Campeonato Espanhol, geraram uma onda de mensagens em solidariedade ao craque brasileiro.

Jogadores de diferentes Ligas do futebol europeu usaram as redes sociais para demonstrar seu apoio ao jogador do Real Madrid e da Seleção Brasileira.

Companheiro de Vini Jr na Canarinho, Neymar publicou a mensagem “tô contigo, Vini Jr” no Instagram. Na mesma rede, o ex-jogador brasileiro Kaká também prestou solidariedade, com uma foto abraçada a Vinícius Júnior. Já Lucas Paquetá, que atua no West Ham, da Inglaterra, escreveu “estamos juntos, irmão”.

Astros do futebol internacional também mostraram seu apoio ao brasileiro. O francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, escreveu: “Você não está sozinho. Estamos com você e te apoiamos”. Kyle Walker, do Manchester City, disse: “Estamos com você, irmão. O racismo não pode vencer”. O jogador do Manchester United Jadon Sancho também se manifestou: “Estamos ao seu lado, irmão!”

Vários companheiros de Vini Jr no Real Madrid também se manifestaram nas redes. Juntos, irmão”, afirmou o francês Aurélien Tchouaméni.

“Enquanto isso, a gente segue escrevendo a nossa história por aqui. Vamos juntos!”, disse o brasileiro Rodrygo Goes.

Outro brasileiro da equipe merengue, o zagueiro Eder Militão escreveu uma longa mensagem de apoio a Vini Jr: “Hoje foi mais um dia triste aqui na Espanha, mais um dia que infelizmente os racistas venceram. É uma vergonha! Sofrer racismo, se defender e depois ser expulso tentando se defender! Até quando temos que aguentar isso? Estou com você, irmão! Vini Jr, a nossa luta continua”, declarou.

Ronaldo demonstra apoio a Vinícius Júnior

Citado por Vinícius Júnior na primeira manifestação após ser mais uma vez alvo de racismo na Espanha, neste domingo (21), Ronaldo saiu em defesa do compatriota. O Fenômeno chamou o caso de inadmissível e afirmou que está junto de Vini Jr. na luta contra a discriminação racial.

“Mais uma vez um episódio de racismo na La Liga. Mais uma vez com o Vini Jr. Até quando? Enquanto houver impunidade e conivência, haverá racismo. É inadmissível que árbitros, Federação e autoridades também fiquem sem ação e que torcedores aplaudam tamanho absurdo. Basta. Vini, conte comigo na sua luta. Na nossa luta”, escreveu Ronaldo, também gestor do Cruzeiro, nas redes sociais.

Atlético e Cruzeiro se solidarizam com Vini Jr

Atlético e Cruzeiro também repudiaram, por meio das redes sociais, no novo ataque racista a Vinícius Júnior.

https://twitter.com/Atletico?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1660412322987245569%7Ctwgr%5E3cf15c010ab8ff2bdb4c7f420f5c8213a91ba237%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.itatiaia.com.br%2Feditorias%2Freal-madrid%2F2023%2F05%2F22%2Fataques-racistas-a-vini-jr-comovem-astros-do-futebol-veja-reacoes

“Força, Vini Jr.! O Galo repudia os atos covardes de racismo praticados contra o atleta Vinícius Júnior, do Real Madrid, por parte da torcida do Valencia, no jogo de hoje, 21/5, no Estádio de Mestalla, em Valência”, iniciou o Galo, em nota.

“É uma vergonha que a La Liga e seus patrocinadores não tomem medidas severas e definitivas diante dessa situação que se repete nos estádios da Espanha. O Galo é preto e branco: juntos até no uniforme”, completou.

“Os ataques contra o jogador Vini Júnior, na Espanha, são criminosos e inadmissíveis. Não há espaço para que as autoridades se calem diante de mais um caso de racismo numa liga tão grande e influente como a LaLiga”, escreveu o Cruzeiro.

“O Cruzeiro expressa sua revolta com este crime sofrido pelo jogador e esperamos que os envolvidos sejam punidos. Ao Vinícius Júnior, expressamos o nosso apoio e que ele continue usando a sua voz para cobrar a todos que se omitirem diante de algo tão repugnante. Racismo é crime e uma luta de todos!”, completou.

Racismo contra Vini Jr.

Vini Jr. foi alvo de insultos racistas na derrota do Real por 1 a 0 para o Valencia no Mestalla, em Valência, pela 35ª rodada do Espanhol. A partida foi paralisada aos 27 minutos da segunda etapa. O atacante começou a discutir com torcedores enquanto outros jogadores tentavam acalmar o brasileiro.

Foi possível ouvir os gritos de “Mono” (macaco, em espanhol) por parte da torcida do Valencia. O árbitro conversou com oficiais da organização da partida e o jogo foi interrompido.

O sistema de som do estádio anunciou a paralisação do duelo devido ao comportamento dos fãs do Valencia e pediu que a torcida desse fim às “manifestações racistas”. Houve um novo aviso até que, depois de cerca de oito minutos, a partida foi retomada, com Vini Jr em campo.

A partir das repetidas demonstrações racistas, o jogo ficou nervoso. Vini Jr. foi provocado pelo goleiro Mamardashvili, que foi punido com o cartão amarelo. Os jogadores trocaram empurrões no campo.

No fim do confronto, porém, o brasileiro, revoltado e desestabilizado pelos rivais, foi expulso depois de desentender com o atacante Hugo Duro, em quem acertou o braço. Ele levou amarelo, mas após revisão do lance pelo VAR, foi expulso nos acréscimos.

O problema envolvendo a torcida espanhola não é novidade. Vinícius Júnior já foi vítima de inúmeros casos ao longo da sua trajetória pelo clube espanhol.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.