Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 24 de julho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Suspeito de esquartejar jogador de futebol se apresenta a polícia em Sete Queda MS

Os bombeiros ainda trabalham para encontrar parte dos restos mortais da vitima.

Divulgação/ Polícia Civil

Equipes do Corpo de Bombeiros continuam as buscas pelos restos mortais do jogador de futebol Hugo Vinícius Skulny, de 19 anos, cujo corpo foi esquartejado e jogado no rio Iguatemi, em Sete Queda, a 467 Km de Campo Grande. O suspeito se apresentou à polícia e foi preso sobre suspeita de ser cúmplice no crime. Segundo as apurações, a Polícia Civil investiga o envolvimento da ex-namorada de Hugo no assassinato da vitima, que chocou toda a população da região de Fronteira. O jovem desapareceu após ir a uma festa no dia 25 de junho.

Hugo Vinícius Skulny Pedrosa, de 19 anos..(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Segundo a investigação, a polícia encontrou partes do corpo de Hugo no rio com a ajuda de testemunhas. Na tarde de ontem 03 de julho, os bombeiros encontraram a cabeça do jovem na superfície. Os bombeiros ainda seguem nas buscas para encontrar os restos mortais do jovem.

Alguns objetos, que não foram informados, foram apreendidos e deverão passar por perícia. Até o momento, uma pessoa está presa, suspeita de participação no crime.

O crime, que havia sido registrado inicialmente como desaparecimento, será alterado para homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

A Polícia Civil fará uma coletiva de imprensa na cidade.

Desaparecimento

O jovem desapareceu no último dia 25 de junho, após ir em uma festa.  Após a falta de contatos, familaires do jovem registrou um boletim de ocorrência. Durante as investigações, os policiais ouviram diversas testemunhas que levaram o setor de investigações até o leito do Rio Iguatemi,

onde partes do corpo de Hugo foram encontrados. O reconhecimento e a identificação do jovem foi realizado por uma tatuagem  pelo pai do atleta. 

A Polícia Civil não deu detalhes das investigações, mas uma pessoa acabou sendo presa pela participação no crime. 

O jogador foi visto pela última vez em uma festa na cidade vizinha de Pindoty Porã, no Paraguai. Segundo informações anteriores, é que o jovem foi morto em uma propriedade na zona rural, esquartejado e com partes do corpo jogadas no rio. Hugo jogava futebol pela equipa municipal de Sete Quedas em torneios estaduais.

  

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.