Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Responsáveis pela morte de pecuarista são condenados por latrocínio, após trabalho investigativo feito pela Polícia Civil

A condenação se embasa no trabalho de investigação da DERF

O juízo da 5ª Vara Criminal de Campo Grande condenou os três autores identificados pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, por meio da DERF (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos), pela prática de latrocínio (art. 157, § 3º, inciso II, do Código Penal) cometido contra a pecuarista Andreia Aquino Flores. O crime ocorreu no dia 28/07/2022, em Campo Grande/MS.

A condenação se embasa no trabalho de investigação da DERF, que apurou que as mulheres J.N.A., L.R.N., e  o homem P.B.C.., em prévio ajuste de vontades e comunhão de esforços, agiram com a finalidade de constranger a vítima a realizar uma transferência bancária no valor R$ 50 mil. Ocorre que, diante da reação da vítima, Andreia acabou sendo morta mediante asfixia.

Os autores então subtraíram alguns objetos eletrônicos – 01 Macbook, 02 celulares da marca Iphone e 01 caixa de som da marca JBL. À época, os autores foram presos em flagrante e indiciados pela DERF pelo crime de latrocínio. P.B.C. foi condenado à pena de 20 anos de reclusão; L.R.N. à pena de 28 anos; e, J.N.A. à pena de 24 anos.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.