Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Polícia Civil prende três integrantes de organização criminosa que roubou dois veículos se passando por falsos policiais

Os criminosos também se passavam por oficiais de justiça

Foto: Divulgação/PC-MS

Na manhã desta quinta-feira (29), a Polícia Civil de Campo Grande, por intermédio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Furtos e Roubos de Veículos – DEFURV, desencadeou operação policial e prendeu os três suspeitos que integravam organização criminosa, se passavam por policiais e roubavam veículos. As prisões aconteceram nos bairros Nova Lima e Aero Rancho.

Segundo as apurações, nos dias 25 de janeiro de 2023 e 08 de fevereiro, três indivíduos subtraíram dois automóveis, mediante grave ameaça e violência, se passando por policiais civis e por oficial de justiça. Um quarto suspeito dava o suporte financeiro, recebendo os valores oriundos da venda dos carros roubados.

Conforme apurado, os suspeitos abordaram, no dia 25 de janeiro de 2023, uma vítima na condução do seu Ford/Fiesta e, ao se identificar como oficial de justiça, anunciou que possuía ordem judicial para apreensão do automóvel. Nesse momento, apesar de confrontado, o suspeito, com violência, puxou as chaves das mãos da vítima, machucando-a, e saiu rapidamente com o carro.

Posteriormente, no dia 8 de fevereiro de 2023, com idêntico modo de agir, porém se passando por policiais civis, os suspeitos abordaram outra vítima, afirmando que iriam apreender o VW/Gol e levá-lo à DEPAC-CEPOL. Ao ser indagado qual seria o motivo, um dos autores ameaçou e intimidou a vítima, subtraindo o carro. No dia 13 de fevereiro de 2023, a equipe de investigação da DEFURV recuperou o VW/Gol subtraído e prendeu em flagrante o proprietário de uma garagem que o estava anunciado à venda.

Em continuidade das investigações, a equipe da DEFURV identificou J.P.S.M. (39) como o líder de uma organização criminosa voltada à roubos de veículos, sempre se passando por agentes estatais durante às abordagens. Descobriu-se, também, que o pagamento referente à venda do VW/Gol roubado foi realizado para a conta de J.A.G.M. (83), o qual possui extenso histórico policial pela prática de estelionatos.

As vítimas reconheceram, sem sombra de dúvidas, J.P.S.M. como o indivíduo que simulou ser oficial de justiça/policial civil e, mediante violência e grave ameaça, subtraiu os veículos referidos. Verificou-se, ainda, que J.P.S.M.  já possui vasto histórico policial pela prática de crimes semelhantes, isto é, se passando por policial para subtrair bens alheios. No ano de 2017, ele foi preso preventivamente e ficou recolhido até 24 de janeiro de 2023, ocasião em que se evadiu do sistema prisional.

No dia 6 de março de 2023, J.P.S.M. foi capturado e indiciado pelos crimes investigados nesta Especializada. Diligências continuaram a ser realizadas e os demais comparsas foram identificados como sendo J.H.O. (55) e S.R.C. (44), sendo deste último a propriedade do VW/Gol cinza que era utilizado para abordar as vítimas.

Após deferida judicialmente a representação da autoridade policial responsável, na manhã hoje, foram cumpridos os mandados de busca e apreensão na residência S.R.C. e nos quartos de hotel em que J.H.O. e J.A.G.M. residiam, sendo cumpridos, também, os mandados de prisão preventiva dos três suspeitos.

Novo mandado de prisão preventiva de J.P.S.M. também foi cumprido. Com isso, a Polícia Civil, por intermédio da DEFURV, desmantela organização criminosa que praticava roubos de veículos se passando por policiais civis e por oficial de justiça.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.