Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 12 de julho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Polícia Civil elucida tentativa de latrocínio contra idoso em Campo Grande

O responsável por toda violência contra a vitima se tratava de um adolescente de 17 anos, namorado de sua neta.

Fotos: Divulgação/PC-MS

Na noite de ontem (04) A Polícia Civil conseguiu identificar, localizar e capturar o responsável por uma tentativa de latrocínio ocorrida no dia anterior contra um idoso de 76 anos, que foi gravemente ferido pelo autor, na Vila Palmira, em Campo Grande.

Logo após a vítima receber atendimento no Hospital Santa Casa, a polícia foi acionada para apurar as circunstâncias em que teriam ocorrido os fatos, tendo em vista que a vítima apresentava inúmeros cortes e perfurações pelo corpo. No momento do atendimento, o idoso teria conseguido relatar que um homem havia entrado em sua residência, exigido dinheiro, o golpeado por diversas vezes com uma faca.

Diante da natureza dos fatos, o caso foi encaminhado à DERF. Iniciando as diligências, os investigadores analisaram o local e todas as imediações, identificando vestígios do crime e analisando imagens de câmeras de segurança nas ruas próximas à casa da vítima. Depois de horas de análise das filmagens apreendidas, os policiais civis conseguiram constatar a dinâmica dos fatos.

Conseguindo identificar o responsável por toda aquela violência, tratando-se de um adolescente de 17 anos de anos. Após a identificação do adolescente infrator, foram realizadas diversas diligências para capturá-lo.

A Polícia Civil iniciou monitoramentos e análises de informações, sendo o adolescente localizado em uma hamburgueria na região oeste da capital. O menor infrator foi apreendido em flagrante delito pela prática de latrocínio tentado e apresentado e encaminhado a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro Especializado de Polícia Integrada (Depac-Cepol).

Sobre a dinâmica dos fatos

Os investigadores conseguiram constatar que o adolescente infrator estava monitorando a residência e aguardando a saída da companheira da vítima e sua neta, quando então teria entrado no local. Constatou-se que tanto o portão da garagem quanto a porta da residência teriam sido deixadas abertas.

Dentro da casa, o infrator teria exigido dinheiro e de imediato teria iniciado as agressões, desferindo inúmeros golpes de faca na cabeça e no pescoço da vítima, produzindo diversas lesões profundas em regiões vitais, sendo que as agressões só cessaram quando o idoso conseguiu retirar a faca da mão do agressor, que então fugiu todo sujo de sangue. No quarto onde ocorreram as agressões foi possível constatar uma grande quantidade de sangue.

Foram apreendidos com o infrator a mochila e as roupas utilizadas durante o ato infracional. Dentro da mochila foi encontrado um bilhete com a seguinte mensagem: “Walter, você não pagou meu dinheiro, eu te avisei, as consequências dos seus atos iam chegar”.

Interrogatório

O adolescente relatou que possui um relacionamento amoroso com a neta da vítima, afirmando que sua intenção era “dar uma lição” no idoso por circunstâncias que teriam ocorrido entre a vítima e a sua neta, sendo que então teria dito “cadê o dinheiro”, no intuito do idoso não conseguir reconhecê-lo.

A Polícia não descarta a possibilidade de envolvimento da neta da vítima no planejamento do crime, sendo que tais circunstâncias estão sendo apuradas na investigação. Após trabalho realizado pela DERF, o caso foi esclarecido e o adolescente infrator foi apreendido em flagrante delito pela prática de ato infracional análogo ao crime de latrocínio tentado. Tratando-se de adolescente infrator, o caso será encaminhado à Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (DEAIJ).

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.