Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 13 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Zelensky pressiona Otan e pede para a Ucrânia ser convidada a integrar aliança

Líder ucraniano disse que cúpula da aliança em Vilnius em julho pode se tornar “histórica” ​​e que ele foi convidado a participar, “Também é importante para a Ucrânia receber o convite correspondente”

Jens Stoltenberg, secretário-geral da Otan, com o presidente da Ucrânia, Volodymyr ZelenskyAndriy Zhyhaylo/Obozrevatel/Global Images Ukraine via Getty Images

O presidente Volodymyr Zelensky disse, nesta quinta-feira (20), que é hora de a Otan tomar a decisão política de convidar a Ucrânia para se juntar à aliança militar, e que Kiev quer saber quando ela se tornará um membro.

O líder ucraniano disse em uma coletiva de imprensa conjunta em Kiev com o chefe da Otan, Jens Stoltenberg, que uma cúpula da aliança em Vilnius em julho pode se tornar “histórica” ​​e que ele foi convidado a participar. “Agradeço o convite para visitar a cúpula, mas também é importante para a Ucrânia receber o convite correspondente”, disse ele a repórteres.

“Não há uma única barreira objetiva à decisão política de convidar a Ucrânia para a aliança e agora, quando a maioria das pessoas nos países da Otan e a maioria dos ucranianos apoiam a adesão, é o momento para as decisões correspondentes.”

Novos membros

A cobrança de Zelensky chega um dia depois de o Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, ter dito que a Suécia deve formalizar sua adesão à Otan ainda este ano, mais precisamente “antes do verão” do Hemisfério Norte.

“Você é um ótimo parceiro”, disse Austin ao ministro da Defesa sueco, Pal Jonson no quartel-general da marinha sueca na Base Naval de Musko, nas proximidades de Estocolmo. “Estamos ansiosos para, muito em breve, poder chamá-lo de aliado.”

No início de abril, a Otan anunciou oficialmente a entrada da Finlândia, outro país escandinavo, como mais um país-membro. Dias depois, os finlandeses já participavam dos primeiros exercícios militares como membro da aliança.

(Publicado por Fábio Mendes, com informações da Reuters)

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.