Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 20 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Mourão volta a criticar ‘Honras de Estado’ a Maduro e cobra posição do Parlamento

O senador convidou os demais senadores a “fiscalizar os rumos da política externa”

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS) defendeu, em pronunciamento no Plenário nesta segunda-feira (5), que o Senado não se abstenha de debater a recepção, com honras de Estado, do governo brasileiro ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. O senador convidou os demais senadores a “fiscalizar os rumos da política externa” do Brasil, para evitar que o país seja colocado do “lado errado da humanidade”, e reiterou que as ações e as omissões do parlamento serão observadas e julgadas, em função do peso das responsabilidades constitucionais.

— O parlamento tem responsabilidades, meridianamente expressas na Constituição, quanto à política externa que o governo conduz […]. O Brasil está do lado certo da história, onde sempre esteve. Livre e soberano, solidário aos seus vizinhos e resoluto no enfrentamento dos totalitarismos que ensanguentaram o século passado — disse.

Mourão alertou os parlamentares sobre a importância de agir com responsabilidade, enfatizando que a “hora não é de nos escondermos nas conveniências, no partidarismo e nos conchavos”, e enfatizou que no Brasil “não há mais espaço para autoritarismos e totalitarismos de qualquer natureza”.

— As ditaduras foram relegadas à história, e aqueles que vislumbram um futuro nelas devem compreender que a escolha é entre civilização e barbárie, um passado que já foi superado há muito tempo — concluiu.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.