Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 13 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Brasil usará uniforme preto no próximo amistoso em ação contra o racismo

Amistoso em questão será contra Guiné, em Barcelona, na Espanha, país em que o jogador Vinícius Júnior joga e que sofreu constantes ataques racistas

No primeiro amistoso da Seleção Brasileira na próxima data Fifa, em junho, a equipe entrará em campo com um uniforme inteiramente preto (camisa, calção e meião), como um protestos pelos ataques racistas sofridos pelo jogador Vinícius Júnior, do Real Madrid na Espanha.

O amistoso em questão será contra Guiné, em Barcelona, e o uniforme será usado apenas no primeiro tempo da partida e no segundo período a seleção passará a vestir o uniforme amarelo tradicional. A ação foi revelada pelo UOL.

Como a partida ocorrerá no dia 17 de junho, não havia tempo hábil entre CBF e Nike, patrocinadora oficial do time, de desenvolver uma camiseta específica para a data, por isso os atletas devem usar a versão de uniforme de goleiros, adaptada para o uso pelos jogadores de linha. Ainda sem técnico, o Brasil será comandado pelo interino Ramon Menezes, técnico da seleção sub-20.

Após o jogo, os uniformes serão enviados pela CBF para autoridades esportivas e brasileiras como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da Fifa, Gianni Infatini, o presidente da União das Federações Europeias de Futebol (Uefa), Aleksander Ceferin, e a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco.

Uma das camisetas será assinada pelos jogadores e leiloada. O valor será revertido para causas antirracistas enquanto o outro uniforme será levado para o museu da CBF, localizado no Rio de Janeiro.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.