Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

20ª Parada LGBTQIA+ fortalece a cidadania e o pioneirismo de MS nas políticas públicas

Parada deste ano sai às ruas com o tema “Discurso de ódio não é liberdade de expressão! Eu exijo respeito”

Foto: Divulgação

Nascida em 2001, a Parada em Campo Grande chega a 20ª edição neste ano. Ao longo de duas décadas, só não houve manifestação nas ruas durante a pandemia da covid-19, em 2020 e 2021, período em que o evento foi realizado on-line.

Para o subsecretário, é possível vislumbrar os avanços quanto às legislações e conquistas de direitos da comunidade no decorrer dos 20 anos de evento.

“Nós acompanhamos a mudança do olhar do poder público sobre a população LGBTQIA+ que, impulsionado pela luta dos movimentos sociais, foi incorporado no Governo, e a partir daí são construídas efetivamente as políticas públicas que atendem à população LGBTQIA+ no Estado”, completa Vagner.

Coordenadora municipal de Políticas Públicas para a Comunidade LGBTQIA+, Cris Stefany ressalta que ao longo dos anos vem trabalhando para levar às ruas a consciência de classe e o compromisso com a causa

“Diferentemente de outras paradas, sem desmerecer nenhuma, é que em Mato Grosso do Sul nós não deixamos virar um ato festivo. Não que a festa não seja importante, no entanto é preciso haver conscientização e politização. Aqui nós sempre fizemos isso e assim ganhamos respeito, notoriedade e políticas públicas que hoje só existem graças à Parada”.

Movimentação econômica

A expectativa é de que a 20ª Parada da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+ leve pelo menos 15 mil pessoas à Praça do Rádio, inclusive caravanas de outros municípios de Mato Grosso do Sul.

A movimentação econômica gerada pelo evento alcança os setores de bares e restaurantes, transporte e a rede hoteleira. Segundo a organização, 10 pessoas estão trabalhando diretamente no evento, e mais de 100 indiretamente.

A coordenação da Parada da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+ abriu edital para credenciar vendedores em barracas e food trucks que estarão comercializando seus produtos neste sábado.

Frequentador da Parada há seis anos e hoje produtor do evento e sócio-proprietário do bar patrocinador, Thallysson Perez narra o orgulho que sente em fazer parte da 20ª Parada.

“Me faz sentir que sou digno, tenho orgulho e estou aqui para me mostrar. A Parada é o momento em que vamos às ruas para lutar contra uma narrativa que nos mata, que diz que nós temos que ter vergonha de ser quem somos. Por isso, é importante a narrativa do orgulho, nós temos que ter orgulho de ser quem somos”, afirma.

Programação

Linn da Quebrada é a grande atração da 20ª Parada da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+

Com o tema: “Discurso de ódio não é liberdade de expressão! Eu exijo respeito!” A 20ª Parada da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+ vai às ruas do Centro neste sábado (22), com o intuito de dar visibilidade às pautas da população LGBTQIA+ e lutar contra todas as formas de preconceito.

A grande atração da Parada é a multiartista Linn da Quebrada, que desembarca pela primeira vez em Campo Grande. Linn despontou como artista em 2017, com sua primeira faixa, “Enviadescer”. De lá para cá, a cantora e compositora desenvolveu o processo criativo musical em diferentes etapas. O primeiro disco, Pajubá, de 2018, criou uma linguagem própria, permitindo que a artista subisse em diferentes palcos do Brasil e mundo afora.

 Além de Linn da Quebrada, a programação está repleta de artistas campo-grandenses, são eles: Crew Drag CG, Hands Up MS, Narciso, Abhnerrr, Lauanda Dumor, Gaga Funkeira, Karla Mela, Miss Violence, Lady Afroo, Baiflufaga, Fábio Jara, Depieri b2b Deumatch, Nuala Lobo, Gustavo Freitas, Beca e Gaia Arte, Deh Leão, Ricke, Ruschel, HEllen KAdory, Thysmmy Kyssmmy, Yasmin Fontes, Anastadence, Luna Negra Cia de Dança, Imperatriz Yara, Duo R(Existência),Kiara Kido, Georgia: O Anjo Azul, Silveira, Bredavi, Sarah Rodrigues, Bela Mortis, Manuzera, Allan Gabriel, Voguelicious, New Dance Docer, e Bateria G.R.E.S Deixa Falar.

A concentração é a partir das 14h, na Praça do Rádio, com saída do trio prevista para 16h seguindo pelas ruas Barão do Rio Branco, Dom Aquino, Avenida Calógeras e retornando à praça. O Show da Diversidade inicia às 14h na Concha Acústica da Praça do Rádio. A entrada é gratuita.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.