Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Sejusp e Ministério dos Povos Indígenas discutem ações de segurança voltadas às aldeias do estado

Também esteve na pauta, o projeto de construção de uma unidade prisional em Mato Grosso do Sul, voltada exclusivamente aos povos originários.

Foto: Divulgação/Sejusp

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, recebeu nesta quarta-feira (2), na Sejusp, em Campo Grande, o secretário-executivo do Ministério dos Povos Indígenas, Luiz Eloy Terena, que cumpre agenda no Mato Grosso do Sul, para debater ações e projetos de segurança pública, voltados aos povos originários.

Entre os assuntos tratados estiveram a 2ª edição do MS Em Ação: Segurança e Cidadania, que a Sejusp, juntamente com a Secretaria de Estado de Turismo, Esperte, Cultura e Cidadania e outras secretarias do estado, realizam em Amambai nos dias 25 e 26 de agosto. “Serão ofertados nessa ação diversos serviços aos moradores das aldeias Amambai, Jaguapiru e Limão Verde, como confecção de boletins de ocorrência, oitivas, emissão de vários documentos, entre eles o RG, serviços de saúde, entre vários outros”, destacou Videira.

Também esteve na pauta, o projeto de construção de uma unidade prisional em Mato Grosso do Sul, voltada exclusivamente aos povos originários. “Sabemos que em Mato Grosso do Sul existem hoje mais de 400 presos de diversas etnias e essa proposta apresentada pela Sejusp, demonstra a vontade do estado de pensar em uma ressocialização voltada aos povos originários e daremos total apoio a essa iniciativa”, frisou Eloy.

Na reunião também foi apresentada a rede de proteção da segurança pública, voltada às populações indígenas, com a criação dos Conselhos Comunitários de Segurança nas aldeias de Mato Grosso do Sul. “Os Conselhos Comunitários são grupos de pessoas que se reúnem para discutir, analisar, planejar e acompanhar a solução de seus problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação”, explicou o secretário de Segurança.

A reunião realizada na Sejusp contou com as presenças da secretária-adjunta de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania, Viviane Luiza, do assessor de gabinete da Ministra, Gasparini Kaingang, do diretor de mediação e conciliação de conflitos fundiários, Marcos Kaingang e do Assessor SE, Caique Ribeiro.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.