Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 12 de julho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Boca de Cena mostra toda a qualidade da produção de teatro e circo de MS a partir do dia 27

Serão de 5 a 7 apresentações por dia em bairros, escolas, universidades, praças e teatros, de grupos da Capital, do interior de Mato Grosso do Sul e de São Paulo e Rio de Janeiro

Entre os dias 27 de março e 1º de abril, Campo Grande vai respirar teatro e circo. A Boca de Cena – Semana de Teatro e Circo de Mato Grosso do Sul apresentará peças teatrais gratuitas em todos os cantos da cidade. Serão de 5 a 7 apresentações por dia em bairros, escolas, universidades, praças e teatros, de grupos da Capital, do interior de Mato Grosso do Sul e de São Paulo e Rio de Janeiro.

O governador Eduardo Riedel destacou a importância de democratizar a cultura. “Mato Grosso do Sul tem uma cultura riquíssima, influenciada pelas fronteiras com Paraguai e Bolívia e pelos imigrantes de várias partes do Brasil que são recebidos de braços abertos por Mato Grosso do Sul, e a Boca de Cena vem celebrar e fortalecer essa pujança cultural, mas além disso, vem democratizar a cultura, já que nem todos têm o mesmo acesso à arte, a apresentações teatrais e circenses”, disse.

Além das apresentações, durante a semana será realizado o Seminário Estadual de Teatro e Circo para discutir políticas públicas para a área, sobre o fazer e pensar a arte como um todo, para todos os cantos do Estado.

O gerente de difusão cultural da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), Marcio Veiga, destaca a importância do evento. “Após cinco anos, a Semana Boca de Cena volta para a Fundação e esse é o momento que temos a possibilidade de mostrar a qualidade da produção dos artistas da nossa terra e também nos juntar para discutir políticas públicas do interesse do teatro e do circo”.

Festival contará com cerca de 40 apresentações entre 27 de março e 1º de abril

O presidente da FCMS, Max Freitas, também comemora a semana. “É muito bom ter a Semana Boca de Cena de volta na Fundação. A última edição foi realizada com primor pelos artistas e agora a Fundação pode dar todo apoio possível, com aumento de palcos, apresentações, dando acesso à população a arte do teatro e do circo que é tão bem feita em nosso Estado. Possuímos grupos fantásticos na capital e no interior e o público vai se encantar com as apresentações, tenho certeza disso”.

Serão cerca de 40 apresentações com grupos da Capital e de Dourados, Amambai, Corumbá, São Paulo e Rio de Janeiro. Ao todo, 13 espaços serão palco para as peças desde teatros, sede dos grupos de teatro, até escolas e universidades. Os distritos de Anhanduí e a comunidade de Furnas do Dionísio também receberão espetáculos ao longo da semana.

Para o secretário de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania, Marcelo Miranda, o festival é uma oportunidade de fomentar e divulgar a arte. “Nosso papel é aproximar a arte e a cultura da população sul-mato-grossense, tornando os espaços públicos, espaços culturais, além de fomentar as produções dos nossos artistas”, finalizou.

Campo Grande terá apresentações em 13 espaços

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.